Cantor Nasi vence primeira briga na Justiça contra o irmão

SÃO PAULO - O Ministério Público indeferiu o caso em que Airton Valadão Júnior, irmão e ex-empresário do cantor Nasi, movia contra ele por calúnia e difamação. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

O empresário citava trechos de entrevistas em que Nasi o acusava de ter planejado sua internação em uma clínica de reabilitação e dizia: "o cara me enganou, me difamou, me caluniou".

Segundo a publicação, o MP considerou as frases como "críticas veementes". Valadão vai recorrer.