Médico acusado de matar Michael Jackson diz que cantor se suicidou

Michael Jackson teria cometido suicídio por conta de questões financeiras, é o que dizem o médico Conrad Murray e seus advogados. As informações são do Aceshowbiz.

A afirmação foi feita durante uma audiência pré-julgamento na última quarta-feira (6). Murray, que é acusado de matar o ídolo pop, já até pediu acesso às finanças do cantor para provar o que diz.

O procurador do caso, David Walgren, acredita que a defesa de Murray está no caminho errado e tem tentado mostrar um lado irrelevante da história.