Série 'Domingo no Municipal' começa com tributo a Pixinguinha

RIO - O Theatro Municipal do Rio de Janeiro, vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, traz para o primeiro espetáculo da sua popular série 'Domingo no Municipal', no dia 3 de abril, às 11h, a coreografia de ballet contemporâneo assinada por Rodrigo Néri. O espetáculo tem a proposta de revelar e explodir a memória guardada nos corpos, obedecendo a uma escrita que explora o vigor físico e forte teatralidade.

A cena é construída a partir de poucos elementos como sete persianas ( que abrem, fecham, sobem e descem) e quinze cadeiras de madeira. A trilha sonora inclui títulos expressivos do repertório do mestre Pixinguinha como: Rosa, Segura Ele, Saudade do Cavaquinho, Proezas de Sólon, Urubatan, Carinhoso, Vou Vivendo, Glória, Ainda me Recordo, Sensível, Lamentos, Ingênuo, Paciente, Desprezado e Trombone Atrevido.

A Companhia de Ballet da Cidade de Niterói foi fundada em 1º de março de 1992, pela Prefeitura Municipal de Niterói, por iniciativa de um grupo de bailarinos daquela cidade.

Atualmente dirigida por Roberto Lima, bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a companhia conta em seu quadro artístico com 30 bailarinos. Seguindo a linha contemporânea, a Companhia de Ballet da Cidade de Niterói vem ao longo de sua existência apresentando trabalhos assinados por coreógrafos de renome como: Rodrigo Moreira, Renato Vieira, Vasco Wellenkamp, Rodrigo Negri, Luis Arrieta, Rodrigo Pederneiras, Henrique Rodovalho, Luiz Fernando Bongiovanni, entre outros.