Joalheria disponibiliza vídeo de Lindsay na internet e cobra acesso

 

A joalheria em que Lindsay Lohan supostamente roubou um colar de US$ 2,5 mil está mesmo querendo lucrar com a confusão envolvendo a atriz. A Kamofie & Co estaria cobrando U$ 2,99 para usuários assistirem ao vídeo de segurança na internet. As informações são do Radaronline.

O vídeo, que primeiro foi vendido para a Associated Press e lincenciado para o Entertainment Tonight, mostra o ângulo de quatro câmeras e tem 42 minutos de duração. Nele, Lindsay aparece experimentando a joia.

No site necklcevideo.com, um associado a Kamofie & Co está prometendo postar pedaços de vídeos todos os dias. "Vamos ajudar você a decidir o que realmente acontecey", diz a página na internet.

A joalheria também tentou fazer um livro sobre o assunto, mas não foi bem sucedida na empreitada.

Lohan alegou ser inocência no caso e recusou um acordo que envolvia tempo de prisão.