Dolabella diz que Luana Piovani foi xingada após expulsá-lo de bar

RIO - Em entrevista à coluna 'Retratos da Vida', do jornal Extra, Dado Dolabella comentou o caso de domingo (27) em que teve que deixar um restaurante que costuma frequentar porque Luana Piovani percebeu sua presença e ligou para a polícia para retirá-lo do local.

À publicação o ator disse que o Leblon estava lotado de flamenguistas comemorando a conquista da Taça Guanabara e que Luana acabou vaiada por 200 pessoas por ter armado o barraco no local. Segundo ele, muitos a xingaram e diziam que ela queria aparecer. Luana deixou o local logo em seguida.

Dado foi condenado a 2 anos e 9 meses de prisão por agredir a atriz e a camareira Esmeralda de Souza em 2008 e uma das regras que deve cumprir é manter-se a, no mínimo, 250 metros de distância de Luana.

Não foi a primeira vez que Luana reclamou ao encontrar o ator. De acordo com a coluna, há menos de duas semanas, a atriz perdeu a linha no bar e restaurante Diagonal e gritou para que o tirassem de lá, mas como ninguém se manifestou, Luana foi embora.