Ronaldo Fraga se inspira em Brasília diferente de Maria Bonita

Ronaldo Fraga é um estilista que sempre resgata elementos regionais para a sua moda. Na coleção outono-inverno 2011, o mineiro de Belo Horizonte buscou inspiração nos azulejos espalhados por toda Brasília do artista Athos Bulcão (sim, Maria Bonita também recorreu ao tema. Mas, em Fraga é uma outra Brasília, um outro Athos Bulcão. A interpretação muda).

Às 18h35, Ronaldo levou à sala 02 da Bienal em São Paulo pombinhas, colagens em preto e branco, bordados, formas geométricas, bordados, camadas de vestidos, paetês, recortes nas costas, peças que se apresentavam ao som de Canto de Ossanha, de Vinicius de Moraes.

Ao som do refrão da música, Vai! Vai! Vai! Vai!, a coleção realmente vai na emoção, parece obra de arte. A beleza foi assinada por Marcos Costa que pesquisou muito para finalizar a carcterização das modelos com toucas e tintas de azul e roxo em dois tons.

A SPFW, durante o desfile de Ronaldo, se transformou em galeria de arte com presença de Marina Silva.