Apresentador critica quem vai à SPFW para "fazer pose"

 

No quarto dia de desfiles da São Paulo Fashion Week, na Bienal, o apresentador da Band Edgard Piccoli criticou a postura de alguns convidados que circulam pelo maior evento de moda da América Latina. "Tem gente que vem aqui, não sabe o que está vendo, o que está acontecendo e vem para fazer pose", afirmou Edgard, minutos antes de entrar na sala 02 para assistir ao desfile de Ronaldo Fraga, acompanhado da mulher e das duas filhas.

Apesar de ter ido prestigiar o amigo Ronaldo Fraga, Edgard disse ser avesso a esse tipo de evento fashion. "É um pouco demais. É uma grande ostentação da massa sobre o que é visto e ditado nas passarelas", afirmou. "Excesso para mim é brega. Tem pessoas que exageram demais na hora de se vestir e perdem a noção do ridículo. Existe um senso comum do que é bom gosto ou não, mas eu olho isso com um olhar tolerante, não com um olhar mordaz", disse.

Segundo o apresentador, o desfile de Ronaldo Fraga é o único que ele assistirá, porque o criador é seu amigo e ele fez questão de prestigiá-lo. "O Ronaldo não produz só o que é belo para consumo. Ele tem um direcionamento artístico diferente. Não digo isso somente porque somos amigos. Ele tem uma visão sobre a moda que é possível de você se identificar", elogiou.

Após 14 anos na MTV e quatro no Multishow, Edgard apresentou no ano passado o reality show Busão do Brasil, em que 12 pessoas disputavam um prêmio morando em um ônibus especial. Com o fracasso da atração, surgiram boatos de que ele fosse para a "geladeira" da emissora. Nesta segunda-feira (31), no entanto, o apresentador afirmou que apresentará o Carnaval no Recife (PE) para a Band e que, em abril ou maio, deve estrear um programa sobre música na grade da emissora, provavelmente nas tardes de sábado.

A SPFW está em sua 30ª edição. Além de Ronaldo Fraga, apresentam suas coleções até quarta-feira (2) estilistas renomados como Fause Haten e Gloria Coelho.