Antes de desfile, modelo garante: "eu como de tudo"

Já ficou no passado aquela história de que modelo tem de ser magra para desfilar. Gisele Bündchen, nossa maior estrela no mundo fashion, ajudou a desmistificar o que parecia ser uma regra ao exibir suas curvas pelas passarelas internacionais. No quarto dia da maratona da São Paulo Fashion Week, uma hora antes de seu segundo desfile no dia, a modelo Drielly Oliveira, 19 anos, dava fim em um bombom quando recebeu das mãos de uma colega de backstage um potinho de salada de frutas. Enquanto o cabeleireiro cuidava de seu visual, ela afirmou sem vacilar: "eu como de tudo".

Segundo ela, que mora em Paris e trabalha como modelo desde os 15 anos, controlar o apetite em temporada de desfiles fica fora dos planos. "É lógico que tem que se cuidar, afinal, esse é o nosso trabalho, mas em época de SPFW a dieta fica em segundo plano. Antes dos desfiles eu como macarrão, salada, que dão energia para encarar vários desfiles. Brigadeiro, por exemplo, sempre arrasa", garante. Com 1,80 m e 55 kg, Drielly contraria aquela imagem de "modelo que passa fome" para se sair bem na passarela. Sua aparência é saudável e o humor nem de longe lembra quem faz dieta rigorosa.

No mesmo camarim, Daiane Conterato, 20, 1,78 m e 58,3 kg, circula com um doce de maracujá de colher. Faz graça ouve o pedido para posar para uma foto. "Ah, gente, logo agora?" Bem comunicativa, ela conta que já foi mais magra. "Eu pesava uns 48 kg há cerca de um ano. Não sei para onde foi esse peso a mais", brinca. Morando há cinco anos em Nova York, ela só se irrita quando creditam o hábito de fumar ao seu porte físico. "Outro dia eu ouvi um cara dizer: 'ei, não sabia que fumar emagrecia'. Uma coisa não tem nada a ver com a outra", diz.

Com experiência internacional e 13 desfiles em quatro dias de SPFW, Daiane afirma, porém, que a magreza excessiva de modelos ainda é comum. "Infelizmente tem gente que acha que magreza demais é bonito. Só que é mais sério, isso é doença".

Perto dali, Claudia Moreira, 45, responsável pelo buffet do backstage, confirma que, antes dos desfiles, as modelos das grifes para qual trabalha comem muito macarrão e chegam até dispensar salada. "Sempre sobra salada. O que elas mais comem é pão, sanduíches, carpaccio, sushi...Ah! E as modelos detestam refrigerante light". E o que não pode faltar no cardápio? "Doce. Tem que ter doce sempre".