Brasileiro Gustavo Lins destaca quimono em desfile em Paris

Depois de estrear no line-up oficial da Semana de Moda Masculina de Paris na última temporada, o estilista brasileiro Gustavo Lins volta a fazer apresentação no evento focando na base de seu trabalho como estilista: o quimono.

A peça aparece reinventada em looks que vão do esporte ao black-tie de maneira leve, se comparada às coleções apresentadas nos desfiles masculinos de Milão.

O quimono ganha versão jaqueta, paletó esportivo, paletó sóbrio, casaco de malha, casaco tipo cabã e até mesmo uma echarpe feita de lã. As camisas são soltas e têm punhos levemente maiores, não acertados e as calças também são soltinhas, com ganchos confortáveis.

O estilista brinca ligeiramente com as proporções, fazendo peças mais curtas ou mais longas, incluindo nessa brincadeira até o nó da gravata, exagerado. O vermelho pontua o desfile no qual predominam o preto, branco e tons de cinza.

A temporada de desfiles masculinos na cidade vai até domingo. Dia 25, ele se apresenta nos desfiles de alta-costura, que vão de 24 a 26 próximos, agora como membro oficial da Federação Francesa de Alta-Costura, com chancela do Ministério do Comércio Exterior. O mineiro já se apresentava na semana de moda como convidado havia algumas coleções.