Segunda grife de Marc Jacobs desfila em Nova York

Ale Ougata, Portal Terra

NOVA YORK, EUA - A coleção primavera-verão 2011 da ala jovem de Marc Jacobs, a Marc by Marc Jacobs, desfilou ontem (14/09) na semana de moda de Nova York e pode ser entendida como um passeio a praia.

Os looks femininos vieram em versões mais 'clean' que a linha mãe de Jacobs. Vestidos, em sua maioria, abaixo dos joelhos e saias volumosas e rodadas, quase sempre com muitas listras e estampas ecléticas dominadas por uma cartela de cor quente passando pelo laranja, tons de amarelo, trench coat marrom, além de pulseiras retrôs e plataformas que lembravam tênis. Na beleza, um make mais leve com a boca bem marcada e os cabelos frizados.

Um certo 'casual inteligente chique' foi a tônica para os rapazes da Marc. A partir de uma fusão da década de 70 com a de 90 o que resultou foi peças com mangas raglã, com golas, sem golas e uma sequência de alfaiataria de calças largas com pregas, shorts elegantes que vieram para ficar, gravatinhas folgadas. As tonalidades combinavam cáqui com amarelinho, vermelho-laranja e até uma camisa branca estampada, para não ficar 'boring'. Em geral um homem mais liberto, solto e fluído das tendências e aspirações militares.

E se Marc by Marc Jacobs foi sentenciado pela crítica como uma leitura de moda mais contemporânea em comparação ao desfile apresentado pelo estilista no dia anterior (13/09) que rememorou os anos 70, ou mesmo comentários do tipo de que aqueles que gostaram do desfile do dia 13 não se identificariam com o do dia 14. A única certeza que fica é: Marc Jacobs é criador e tanto, versátil, antenado, e porque não um show man. Já, que seus desfiles são verdadeiros espetáculos com direito aos famosos atrasos e alguns escândalos na vida pessoal. Mas como casa não se deve misturar com rua, a primavera-verão deste americano é do tipo de querer ganhar os asfaltos ou as areias dependendo da sua localização no globo.