"É o primeiro super-herói mexicano", diz ator de 'Machete'

Orlando Margarido, Portal Terra

VENEZA - Ator secundário dos filmes de Robert Rodriguez, entre eles Desperado (1995) e a franquia Pequenos Espiões, Danny Trejo diz que há muito tempo vem sendo preparado pelo diretor para interpretar o papel principal de Machete. "Não era uma coisa consciente, mas um dia ele sabia que ia tornar esse personagem algo mais importante do que mero coadjuvante, e eu iria junto", disse em entrevista a jornalistas essa manhã em Veneza.

No primeiro filme da série Pequenos Espiões, Machete já aparecia abusando das habilidades físicas, mas agora ele ganhou um manejo todo especial com grandes lâminas e outras armas brancas que decepam membros de corpo e são responsáveis por chacinas. Para lidar com o arsenal, Trejo teve uma assistência de profissionais, mas ajudou a longa parceria como Rodriguez. "Ele sempre precisou que estivesse a postos para cenas perigosas e eu nunca o decepcionei", brincou. "O fato é que agora ele nos deu o primeiro super-herói mexicano e não temos mais essa diferença com os Estados Unidos".

Com o corpo todo tatuado, como Machete no filme, forte e com o cabelo preso como rabo de cavalo, o personagem faz um tipo distante do sedutor de mulheres, mas acaba por atrair todas elas no seu caminho de justiceiro que perde a família assassinada por um gângster e quer vingança. Nessa trilha estão as personagens de Jessica Alba, Michelle Rodriguez e Lindsay Lohan.

Ao lado da primeira durante a entrevista, ele foi todo o tempo lisonjeiro e lembrou que a melhor cena do filme foi o beijo em Alba. "Mas isso tem uma contra-indicação; agora todos os meus amigos querem me beijar para chegar próximo dessa experiência".