Almodóvar começa a rodar "La piel que habito", com Antonio Banderas

Agência AFP

MADRI - O cineasta espanhol Pedro Almodóvar começou nesta segunda-feira em Santiago de Compostela, na Espanha, a rodar seu próximo filme "La Piel que Habito" ("A Pele que Habito", em tradução livre) protagonizado por Antonio Banderas, entre outros, e inspirado no romance "Tarântula", do escritor francês Thierry Jonquet.

O filme é inspirado no romance que Jonquet publicou em 1984, que relata quando, a partir da morte de sua mulher em um acidente de carro, um eminente cirurgião plático (dr. Ledgard) se interessa pela criação de uma pele com a qual poderia tê-la salvado.

Neste que será o décimo oitavo filme de Almodóvar, também atuarão Elena Anaya, Marisa Paredes, Jan Cornet, Roberto Álamo, Blanca Suárez, Eduard Fernández, José Luis Gómez, Bárbara Lennie, Susi Sánchez, Fernando Cayo e Teresa Manresa, informou o departamento de imprensa de sua equipe.

A conselheira de Turismo do município de Toledo, Milagros Tolón, disse nesta segunda-feira que a equipe de Almodóvar começou a procurar os locais da cidade nos quais será rodada a primeira parte do longa-metragem, iniciada nesta segunda-feira em Santiago de Compostela.

A filmagem, de onze semanas de duração e um custo de 10 milhões de euros, será feita em Santiago de Compostela e no Pazo de Oca, em A Estrada, e conta com a colaboração da Secretaria de Cultura e Turismo de Xunta de Galícia.

Além da Galícia, o filme também será rodado em Madri, Toledo, em uma casa de campo a poucos quilômetros da cidade, graças ao apoio do governo de Castilla La Mancha.

Almodóvar voltou a colaborar com técnicos assíduos em sua filmografia, como José Luis Alcaine, diretor de fotografia, José Salcedo, montador, e o músico Alverto Iglesias.