PR: cartilha de alimentação saudável é distribuída em braile

Portal Terra

PARANÁ - A cartilha Alimentação Para Uma Vida Saudável: Orientações Para a Família Curitibana, da Secretaria Municipal da Saúde, ganhou versão em braille - o código de sinais em relevo que permite aos cegos a leitura pelo tato. Por sugestão do Conselho Municipal de Saúde foram impressos 100 exemplares, que já estão disponíveis nos 45 Faróis do Saber (rede de pequenas bibliotecas espalhadas pela capital), na Biblioteca Pública do Paraná e nas instituições que atuam com deficientes visuais.

De acordo com a assessoria da prefeitura, assim como a versão original, a cartilha em braille reúne informações sobre a importância dos alimentos como fonte de saúde ou, quando indevidamente consumidos, de doenças. A intenção é prevenir problemas crônicos como obesidade, diabetes e hipertensão arterial com dietas equilibradas desde a infância.

"A intenção é compartilhar com os portadores de deficiências visuais toda a riqueza de informações contida na versão original da cartilha e que eles também possam se beneficiar dela", diz a secretária municipal da Saúde, Eliane Chomatas. A estimativa é de que 1,5% dos 1,8 milhão de habitantes de Curitiba tenham algum tipo de deficiência visual, desde as mais leves até a cegueira.

Na Biblioteca Pública, a cartilha fará parte do acervo geral de 1.041 livros impressos em 2.312 volumes existentes no setor destinado a pessoas com deficiências visuais. Também estão disponíveis 20.630 livros-falados