Assim como Galvão, Stallone ganha

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A polêmica declaração do ator norte-americano, Sylvester Stallone, sobre o Brasil provocou revolta entre internautas brasileiros, que usaram o microblog Twitter para protestar. A exemplo do comentarista Galvão Bueno, o ator também ganhou um "cala boca" no microblog.

Nesta sexta-feira, o tópico "CALA BOCA SYLVESTER STALLONE" (na internet, escrever em caixa alta significa gritar) ocupou a primeira colocação entre os mais comentados, superando, até mesmo, o que discutia a nomeação do novo técnico da seleção de futebol do país, Muricy Ramalho. A raiva foi tanta, que o intérprerte de Rambo apareceu, ainda, em outro tópico, que levava apenas o seu nome.

"O Brasil é que nem família: a gente até fala mal, mas é nosso. Se alguém de fora falar mal, toma na cara! CALA BOCA SYLVESTER STALLONE!", desabafou a internauta, identificada no Twitter como @GarotaEstupida_.

"Sylvester Stallone foi falar mal do Brasil e ganhou 1 Cala Boca! Mexeu com a familia errada! Nós xingamos muito no Twitter!", afirmou outro internauta, que aparece como @tweetcomedia.

Um terceiro comentário sugeriu ainda que os filmes de Stallone fossem boicotados no Brasil. "Melhor jeito de demonstrar que não somos otários é não ir assistir o filme dele no cinema", escreveu @rubenspompei.

A piada de mau gosto foi feita, quando o ator divulgava seu filme Os Mercenários, na feira de cultura pop, Comic-Con 2010, nos Estados Unidos. De acordo com reportagem do Portal Terra, Stallone afirmou que "Gravar no Brasil foi bom, pois pudemos matar pessoas, explodir tudo e eles (os brasileiros) dizem obrigado".

Não satisfeito, Stallone completou, imitando a voz de uma pessoa simplória: "Obrigado, Obrigado e leve um macaco!"