Lindsay Lohan paga fiança e escapa da ordem de prisão

Agência AFP

LOS ANGELES - A atriz Lindsay Lohan pagou uma fiança e se livrou de cumprir a ordem de prisão que pesava contra ela por violar os termos de sua liberdade condicional, depois da divulgação de que na noite de domingo soou o alarme da tornozeleira usada pela artista para monitorar seu consumo de álcool.

A ordem de prisão foi retirada depois que um assessor de Lohan fez o pagamento de 10% da fiança fixada em 200.000 dólares.

Uma juíza de Beverly Hills emitiu na noite de terça-feira uma ordem de prisão porque o alarme do dispositivo que a atriz leva consigo há duas semanas teria sido ativado na noite de domingo, depois que Lohan assistiu à festa de entrega dos prêmios de filmes da MTV.

Em 24 de maio, a jovem foi obrigada a usar o aparelho que monitora o consumo de álcool - conhecido como SCRAM na sigla em inglês - depois que uma juíza rejeitou o pedido de sua advogada para se submeter a testes mais frequentes para não utilizar o dispositivo.

Lohan reagiu às notícias de que teria removido o aparelho afirmando que não fez literalmente nada.

"Não tirei o SCRAM. É fisicamente impossível considerando que não tenho nada para remover isto. Todas estas notícias estão absolutamente equivocadas", escreveu a atriz no Twitter.

A jovem, de 23 anos, voltou a ter problemas com a Justiça americana depois de não se apresentar, em maio, a uma audiência relacionada à condenação recebida por dirigir sob influência de álcool, em 2007.

À época que devia ter se apresentado a Justiça, a imprensa publicou fotos da atriz nas festas do Festival de Cannes, na França, e ela foi repreendida por faltar a aulas sobre consumo de álcool, como parte da pena a que foi condenada.

Lohan tem nova audiência prevista para 6 de junho em Beverly Hills para tratar da violação de sua liberdade condicional, após ter faltado às aulas.