Desfile de beleza e exaltação aos talentos da moda brasileira

Paulo Ricardo Moreira , Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Assim como futebol, política e religião, eleição de miss não se discute. Cada um tem a sua candidata preferida. Inclusive os jurados, que quase sempre fazem escolhas bem diferentes do gosto do público. Então, prepare-se para eventuais surpresas no tradicional concurso Miss Brasil, que pretende eleger a mulher mais bonita do país (na visão dos jurados, é claro!), com transmissão da Band, a partir das 22h, desta sexta-feira, ao vivo do Memorial da América Latina, em São Paulo. A emissora promete algumas novidades para tornar a 56ª edição do evento mais dinâmica e interessante para o telespectador.

Com apresentação de Nayla Micherif (Miss Brasil 1997) e Otávio Mesquita, o evento envolve cerca de 200 profissionais da emissora. A jornalista Nadja Haddad faz as entrevistas nos bastidores.

Nosso grande desafio é produzir esse programa para o público e, ao mesmo tempo, deixar o concurso fluir naturalmente, valorizando cada etapa da disputa diz Kátia Gardin, a diretora-geral do Miss Brasil.

Este ano, cinco novos talentos da moda Walério Araujo, Geraldo Couto, Arnaldo Ventura, Cynthia Hayashi e Gustavo Silvestre vão fazer uma homenagem aos grandes estilistas brasileiros. No desfile de traje casual, as 27 candidatas vão ser divididas em cinco grupos, cada um vestido com o estilo de nomes consagrados como Clodovil, Dener, Conrado Segreto, Ney Galvão e Markito.

O clima de Copa do Mundo também vai estar presente. Logo na abertura, as beldades vão desfilar com trajes esportivos nas cores verde, amarela azul e branca. Depois, seguem os desfiles de roupas típicas, biquíni, gala, casual e maiô.

O programa também vai mostrar um compacto do intenso processo de preparação da misses. Durante três semanas, elas ficaram concentradas num hotel em São Paulo, onde participaram de ensaios e provas de roupas, assistiram a palestras sobre etiqueta e gravaram clipes. Em todas as atividades elas foram vigiadas por câmeras o tempo inteiro, como em um reality show.

O júri que vai eleger a Miss Brasil 2010, que representará o país no Miss Universo, é composto por famosos. Entre eles estão a apresentadora Adriane Galisteu, o ex-jogador e atual comentarista esportivo Edmundo, o hair stylist Marco Antônio de Biaggi, o estilista Ricardo Almeida, o músico Ivo Meirelles e o estilista Walério Araujo. Se a escolha vai coincidir com a preferência do público, isso é outra história