Barcas S/A retoma o choro na barca de Paquetá

JB Online

RIO DE JANEIRO - A concessionária Barcas S/A está trazendo de volta um de seus maiores projetos culturais: O que é que a baía tem? Chorinho na barca . Dia 25 de abril, último domingo do mês, às 10h30, a embarcação que parte rumo a Paquetá leva músicos da Escola Portátil de Música, tocando choro ao longo do trajeto. O projeto conta com o apoio da Associação de Moradores de Paquetá e da Paquetur.

Nesta edição, o evento traz o grupo Celeiro de Bambas, formado por Maria Souto (flauta), Pedro Paes (Clarineta e Sax), Ana Paes (violão), João Gabriel Souto (violão 7 cordas), Gabriel Menezes (cavaco) e Gabriel Leite (pandeiro).

No repertório, as canções Cheguei (Pixinguinha), Implorando (Anacleto de Medeiros), A Ginga do Mané (Jacob do Bandolim), Caçua (Maurício Carrilho e João Lira), Machucando (Adalberto de Souza) e Língua de Preto (Honorino Lopes), dentre outras do gênero.

A apresentação acontece em embarcação tradicional. Os ingressos custam R$ 4,50 (bilhete único) e R$ 9 (duplo). Mais informações pelo 0800 70 44 113.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)