Noel Gallagher é elogiado em primeiro show solo na Inglaterra

Agência AFP

INGLATERRA - O músico britânico Noel Gallagher fez seu primeiro show solo desde sua polêmica saída do Oasis, sendo recebido nesta sexta-feira com críticas positivas da imprensa britânica.

O guitarrista de 42 anos, que abandonou em agosto o grupo britânico depois da nona briga com seu irmão e vocalista Liam em Paris, tocou 17 canções que compôs para o Oasis na noite de quinta-feira, no primeiro dos dois shows previstos para ocorrer no Royal Albert Hall de Londres.

Noel Gallagher, acompanhado pelo também guitarrista da banda, Gem Archer, explicou que o evento beneficiente da organização Teenage Cancer Trust não era "nem o momento nem o lugar adequado" para apresentar novo material.

"Vocês pagaram muito dinheiro pela entrada, não vão querer escutar algo que não conhecem", afirmou o músico.

O tablóide The Sun deu cinco estrelas para o show, a pontuação máxima. "Me aponte algum outro músico que possa tocar só canções secundárias e, mesmo assim, fazer as pessoas voltarem para casa cantarolando", publicou o jornal.

"O Liam poderia fazer o mesmo sozinho? Claro que não!", completou.

Para a BBC, o show foi "uma viagem excitante pelas veredas da memória, mas a pergunta continua presente: o que vai acontecer com o Noel? E, ainda, suas novas criações serão comparáveis às suas obras-primas do passado?".

O Oasis foi um dos grupos ingleses mais importantes do movimento "britpop" dos anos 1990 graças a seus dois primeiros álbuns - "Definitely Maybe" e "(What's the Story) Morning Glory" -, que venderam juntos cerca de 30 milhões de cópias.

No entanto, os irmãos Gallagher, espinha dorsal do grupo, eram tão conhecidos por sua música como por suas violentas brigas desde a formação da banda em Manchester, em 1991. Mas até o show de 28 de agosto em Paris, eles sempre tinham conseguido reconciliar-se.