Ciclo de debates: "A imprensa e o Golpe de 64", no Rio

JB Online

RIO DE JANEIRO - O Golpe de 1964 será lembrado na Travessa 1 com um ciclo de debates nos dias 29, 30 e 31 de março (segunda, terça e quarta-feira), às 18h. A Imprensa e o Golpe de 64 abordará, a cada dia, um tema diferente: a imprensa engajada, a imprensa esquerdista e a imprensa golpista. Entre os convidados, estarão o presidente da ABI, Maurício Azedo, e os professores da UFF João Batista de Abreu, Antônio Serra e Aloysio Castelo de Carvalho, autor do livro A Rede da Democracia , que será lançado no encerramento do ciclo.

Programação do ciclo de debates A Imprensa e o Golpe de 64

Dia 29 de março A Imprensa Amordaçada

A censura marcava ponto nas redações e jornalistas e editores lançavam mão de artimanhas para denunciá-la, como publicar receitas no lugar dos textos vetados. Nessa queda de braço, o governo também utilizava recursos de comunicação para despertar a simpatia da população. O encontro visa discutir a cobertura jornalística no período 1960/1970, a partir da avaliação da forma e do conteúdo dos veículos impressos no Rio de Janeiro. Relançamento de As Manobras da Informação , de João Batista de Abreu.

Convidados: os professores João Batista de Abreu (UFF/IACS) e Antônio Serra (UFF/ICHIF), e o jornalista Guimarães Padilha.

Mediador: professora Sylvia Moretzon (UFF/IACS)

Dia 30 de março A Imprensa Independente

Durante o período de ditadura militar, muitos jornalistas afinados com as ideias políticas de esquerda fundaram jornais ou mesmo pegaram em armas contra o sistema vigente. No segundo encontro do ciclo, serão resgatadas histórias de alguns desses protagonistas e da mídia, além da narrativa de profissionais que presenciaram o empastelamento de empresas de comunicação em que trabalhavam, a exemplo do jornal Última Hora. Relançamento de Maços na Gaveta , organizado por Beatriz Kushnir.

Convidados: jornalista Nilo Dante, Antônio Theodoro Barros (UFF/IACS) e Beatriz Kushnir (UFF/Arquivo Público do Rio de Janeiro)

Mediador: Alceste Pinheiro (UFF/IACS)

Dia 31 de março A Imprensa Golpista

Em discussão, a Rede da Democracia, cadeia de rádio criada pelos jornais O Globo, Jornal do Brasil e O Jornal contra os "comunistas" e a possível ampliação da participação popular na política, que serviu de suporte ideológico para a intervenção militar. Lançamento do livro A Rede da Democracia , de Aloysio Castelo de Carvalho (Editora da UFF e Nitpress).

Convidados: Aloysio Castelo de Carvalho (UFF) e Maurício Azedo, presidente da ABI.

Mediador: jornalista Luiz Erthal

Serviço:

CICLO DE DEBATES: A IMPRENSA E O GOLPE DE 64

DATA: dias 29, 30 e 31 de março (segunda, terça e quarta-feira), às 18h

RELANÇAMENTO DE AS MANOBRAS DA INFORMAÇÃO: ANÁLISE DA COBERTURA JORNALÍSTICA DA LUTA ARMADA NO BRASIL (1965-1979)

AUTOR: JOÃO BATISTA DE ABREU

EDITORA UFF / MAUAD

DATA: 29 de março de 2010, a partir das 18h

RELANÇAMENTO DE MAÇOS NA GAVETA

ORGANIZAÇÃO: BEATRIZ KUSHNIR

EDITORA UFF

DATA: 30 de março de 2010, a partir das 18h

LANÇAMENTO DO LIVRO A REDE DA DEMOCRACIA

AUTOR: Aloysio Castelo de Carvalho

EDITORA UFF / NITPRESS

DATA: 31 de março de 2010, a partir das 18h

LOCAL: TRAVESSA 1

ENDEREÇO: Travessa do Ouvidor, 17 Centro Rio de Janeiro

TELEFONE: 2505-0400

FUNCIONAMENTO: segunda a sexta, das 10h às 19h

(Com informações da Assessoria de Imprensa)