Johnny Alf, precursor da bossa nova, morre aos 80 anos

Portal Terra

SANTO ANDRÉ - O músico Johnny Alf, cantor, compositor e pianista, morreu no início da noite desta quinta-feira (4) aos 80 anos. Segundo informações de seu assessor de imprensa, Nelson Valencia, Alf lutava há 10 anos contra um câncer na próstata e há três anos havia sido dignosticado o estado de metástase.

Alf morreu no hospital Mário Covas, na cidade de Santo André, Grande São Paulo, e seu velório deve acontecer nesta sexta na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Confira a discografia do músico

1952 - Johnny Alf

1952 - Convite ao Romance - Mary Gonçalves

1954 - Johnny Alf

1955 - Johnny Alf

1958 - Johnny Alf

1961 - Rapaz de bem

1964 - Diagonal

1965 - Johnny Alf - arranjos de José Briamonte

1968 - Johnny Alf e Sexteto Contraponto

1971 - Ele é Johnny Alf

1972 - Johnny Alf - compacto duplo

1974 - Nós

1978 - Desbunde total

1986 - Johnny Alf - Eu e a brisa

1988 - O que é amar

1990 - Olhos Negros - paticipação Gilberto Gil, Chico Buarque, Caetano Veloso, Roberto Menescal, Leny Andrade e outros

1997 - Johnny Alf e Leandro Braga - Letra e música Noel Rosa

1998 - Cult Alf - Johnny Alf - gravado ao vivo

1999 - As set 1999 - As sete palavras de Cristo na Cruz - Dom Pedro Casaldáliga

2001 - Johnny Alf - Eu e a Bossa - 40 anos de Bossa Nova