Cristo Redentor sai em cartaz brasileiro de série que começa em abril

Da Redação, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - O canal a cabo Warner divulgou o primeiro cartaz brasileiro da série V, mais uma atração do gênero apocalíptico produzido pela TV americana nos últimos anos, que começa ir ao ar por aqui em abril. Atualização para o século 21 do popular seriado de ficção científica V A batalha final, produzido em meados dos anos 80, o programa estreou nos Estados Unidos em novembro do ano passado, onde já teve quatro episódios exibidos. Outros nove novos capítulos vão ao ar a partir desse mês nos EUA.

Ainda em fevereiro, a Warner Channel brasileira começou a exibir spots que mostravam falsos vídeos feitos por cinegrafistas amadores que flagram gigantescas naves espaciais pairando sobre monumentos de cidades latino-americanas um deles tinha o Cristo Redentor ao fundo. O pôster criado para o mercado brasileiro reproduz o fenômeno supostamente registrado no cartão-postal do Rio de Janeiro. Semana passada, a Arqudiocese da cidade entrou com um pedido de indenização contra a distribuidora Columbia Pictures pelo uso indevido do Cristo no filme 2012, dirigido por Rolland Emmerich.

A série descreve o primeiro encontro da raça humana com alienígenas. Espaçonaves aparecem simultaneamente sobre 29 cidades ao redor do mundo o Rio de Janeiro entre elas. O V , de visitante, é, segundo os extraterrestres, uma mensagem de paz, já que eles se oferecem para dividir sua tecnologia avançada com os terráqueos. Rapidamente conquistam uma legião de seguidores, que ignoram seu real propósito, que é aniquilar os humanos.

No episódio inaugural, a imagem de Anna (interpretada pela atriz Morena Baccarin), líder dos visitantes, é projetada em todo o mundo, anunciando a união de todos e o fim da divisão entre os países pelo medo. Ela convoca todos os humanos à união, apelando para um componente importante da natureza humana, a devoção. Logo os alienígenas passam de ameaça a objeto de culto quase cego para a maioria da população do planeta. Entre estes está o adolescente Tyler (Logan Huffman), que fará tudo para defender os planos dos extraterrestres.

Mas nem todos compartilham da mesma opinião. Chad (Scott Wolf), um ambiciosa âncora de telejornal, quer fazer uma entrevista exclusiva com Anna e, depois que esta acontece, passa a desconfiar das verdadeiras intenções dela. Padre Jack (Joel Getsch), um sacerdote de fé duvidosa, está hesitante em acreditar na retidão dos visitantes, e sai da igreja em busca da verdade. Durante uma investigação sobre uma suposta célula terrorista, a agente do FBI Erica Evans (Elizabeth Mitchell) descobre a verdadeira aparência dos amistosos visitantes.