O povo brasileiro é o mais musical, diz Eagle-Eye Cherry

Portal Terra

RIO - O cantor Eagle-Eye Cherry está pela quinta vez no Brasil. Após tocar no Rio de Janeiro e até fazer uma participação no Big Brother Brasil 10, o músico sueco - filho do jazzista Don Cherry e irmão da cantora Neneh Cherry - toca nesta quinta-feira no Via Funchal, em São Paulo.

Antes de vir ao Brasil, Eagle-Eye Cherry conversou com o Terra por telefone e falou sobre músicas novas e sua relação com o público brasileiro. Confira a entrevista:

Esta é a sua quinta vez no Brasil. Como é tocar em um país tão diferente do seu?

- Adoro tocar no Brasil. Sempre me divirto muito e volto para casa inspirado. É um grande País, com um público ótimo, boas vibrações. Minha banda sempre fica feliz de tocar por aí.

Você se lembra das cidades pelas quais passou por aqui?

- Adoro São Paulo, porque a plateia é sempre incrível. Adoro o Rio por causa das praias. Há alguns anos fui para Porto Alegre, foi muito legal ver essa parte do Brasil que eu não conhecia. Salvador também foi bacana. É legal conhecer diferentes partes do país.

Muitos artistas que vêm ao Brasil se impressionam com a plateia. O que o público brasileiro tem de diferente?

- Eles são mais bonitos do que pessoas de diversos outros países (risos). E se você pede para eles baterem palmas, mostram muito mais ritmo do que alemães, por exemplo. Os brasileiros sentem a música muito mais. Eu sei que nem todos os brasileiros falam inglês, mas sempre cantam minhas músicas, isso sempre me deixa emocionado.

O show terá alguma música nova?

- Vou tocar quatro ou cinco músicas novas e devo também tocar algumas músicas antigas que nunca toquei no Brasil.

Você já tem planos de um novo disco?

- Um novo álbum vai ser lançado este ano, ainda não sei ao certo, mas o novo disco sai em 2010.

E você gosta de música brasileira? Quais artistas conhece?

- Não conheço muito de música brasileira, infelizmente. Esta vez, no Rio de Janeiro, vou tocar com a Maria Gadú - ela vai cantar uma das minhas músicas novas comigo. Ouvi o disco dela e gostei bastante. Conheço poucos artistas... gosto do CSS... eles são do Brasil? Conheço também o que todo mundo conhece, Sepultura, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Jota Quest.

O que os fãs brasileiros podem esperar desta nova turnê pelo país?

- Eles podem esperar algumas surpresas, mas com a energia de sempre. Quero que todos saiam de lá melhores do que chegaram e pretendo não desapontar ninguém.