Paul McCartney recusa show em Milão

JB Online

MILÃO - O ex-Beatle Paul McCartney recusou tocar no estádio de futebol San Siro, em Milão, após uma oferta da agência de shows italiana D''Alessandro & Galli em 20 de dezembro, quando o músico britânico encerrava em Dublin sua turnê européia "Good Evening Europe". O empecilho: o limite acústico de 78 decibéis para os shows de rock imposto por lei em Milão.

A negativa de McCartney ao que seria seu primeiro show no templo do futebol milanês surpreendeu a prefeita da cidade, Letizia Moratti, que admitiu estar "muito descontente pela decisão de Paul", segundo o jornal "La Repubblica".

Moratti lamentou que o limite acústico surja o motivo de protestos de moradores, os quais "prejudicam tanto a cidade quanto as oportunidades para a música, para os jovens e para o turismo cultural".