Comédia sem palavras estreia temporada em horário alternativo

JB Online

RIO - Os atores entram mudos e saem calados. Arrancam gargalhadas animadas da plateia e mostram que nem sempre a palavra é a melhor forma de comunicar e fazer rir. Em No Buraco, do Centro Teatral e Etc e Tal, espetáculo que traz no currículo uma série de prêmios nacionais e internacionais, o diretor e ator Alvaro Assad e os atores Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo se valem da mímica, do teatro físico e da comicidade. O trio, que se juntou há 16 anos para formar o grupo especializado em mímica ilusória, encena diferentes pantomimas (histórias sem palavras). Para estrear na cidade, o grupo buscou um horário alternativo, que promete agradar aos cariocas nesse verão: No Buracoestreia dia 8 de janeiro, no Teatro Leblon, às 23h30min.

Com virtuosismo e domínio técnico, o trio de atores passeia por situações hilariantes, e assim, com as gargalhadas da platéia, o silêncio passa longe. São cinco histórias diferentes em 55 minutos de muito humor. Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo flutuam, caem, cavalgam e afundam em cenas tragicômicas e, sem ver a totalidade do corpo dos intérpretes parcialmente escondidos atrás de um biombo de um metro de altura por sete metros de comprimento , O público ri do que vê, ouve e imagina , exemplifica o diretor Alvaro Assad.

>> SERVIÇO

"NO BURACO" do Centro Teatral e Etc e tal

Teatro do Leblon Sala Fernanda Montenegro (340 lugares). Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon, 2274-3536.

Sextas e sábados, às 23h30m.

Ingresso: R$ 40 (meia-entrada para estudantes e idosos). Bilheteria: a partir das 15h (qui a dom). Cc.: D, M e V. Cd.: todos. IC. Estacionamento no local.

Duração: 55 minutos

Classificação etária: 14 anos

Temporada: de 8 de janeiro a 13 de fevereiro