Calle 13 é maior destaque do Grammy Latino

REUTERS

RIO - A dupla de hip hop porto-riquenha Calle 13 ganhou cinco Grammy nesta quinta-feira, incluindo o de Álbum do Ano, ajudando a cimentar sua posição na vanguarda da música alternativa. O cantor René Pérez, que se autointitula 'El Residente', agradeceu à sua mãe no palco, fez uma homenagem à argentina Mercedes Sosa, morta recentemente, e permaneceu fiel a suas canções políticas como "La Perla" ao criticar o governo porto-riquenho.

- Aplausos para Mercedes Sosa - disse Perez ao ganhar o troféu de Melhor Álbum por "Los De Atras Vienen Conmigo".

Ele também pediu às autoridades porto-riquenhas que ajudem a criar mais empregos no país.

Pérez foi aplaudido depois de interpretar o sucesso "La Perla" - uma homenagem às favelas latino-americanas - com a estrela panamenha da salsa, Ruben Blades. Enquanto os dois cantavam, dançarinos do show "Mystere" do Cirque du Soleil rodopiavam no palco.

Calle 13, cujo outro membro é Eduardo "Visitante" Cabra, também ficou com os Grammy para álbum urbano, canção alternativa, vídeo para "La Perla" e Gravação do Ano em colaboração com os roqueiros mexicanos Café Tacuba.

Mercedes Sosa, cantora argentina que morreu em 4 de outubro, ganhou um Grammy Latino póstumo por seu álbum "Cantora 1".