Carlinhos e Guilherme Vergueiro lançam CD no Rival Petrobras

JB Online

RIO - Criados em ambiente onde se respirava, literalmente, arte por todos os lados, a história do talento dos irmãos Carlinhos e Guilherme Vergueiro é facilmente compreensível. São filhos dos atores Carlos Vergueiro e Zilah Maria e têm como avô, o pianista clássico e mestre de piano brasileiro Guilherme Fontainha, criador do mais antigo periódico de musicologia do Brasil, a Revista Brasileira de Música, em 1934, e do famoso método infantil, A Criança e o Piano. Diretor do Instituto Nacional de Música, cedo percebeu a disposição natural e invulgar dos netos e acompanhou de perto seus estudos ao piano.

E eles aprenderam, e como aprenderam: Carlinhos Vergueiro é cantor, compositor e produtor, tendo, entre outros, produzido os últimos CDs de Nelson Cavaquinho e Adoniran Barbosa, e Guilherme Vergueiro é pianista, compositor, arranjador, produtor musical e documentarista. Nos últimos anos co-produziu e co-dirigiu os documentários "Jamelão" e "A ginga do asfalto" com o sambista paulista Germano Mathias.

Ambos trilharam uma carreira de sucesso conquistando respeito e admiração da crítica e do público. Carlinhos é cria dos festivais, iniciou sua carreira profissional em 1973, mas menino ainda, já se apresentava ao piano pelo interior de São Paulo. Com onze discos gravados é parceiro de grandes nomes da MPB como Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Toquinho, Paulo César Pinheiro, Elton Medeiros, João Nogueira, Paulinho da Viola, entre muitos outros. Já se apresentou na Itália, Fra nça, Cuba e possui mais de 150 músicas gravadas, entre elas Por que será, em parceria com Vinicius de Moraes e Toquinho; Torresmo à Milanesa , com Adoniran Barbosa ; e Nosso Bolero, com Chico Buarque. Guilherme, como o irmão, é músico precoce, seu primeiro concerto se deu com apenas 7 anos de idade. Grande parte de sua carreira foi desenvolvida no exterior entre Nova York, Los Angeles e Dinamarca, tendo se apresentado também em tournes pela Itália, França Japão. Ídolo dos apaixonados pelo jazz e pela música instrumental, gravou em Copenhagem um disco ao vivo que consta entre os melhores registros d e um músico estrangeiro na Europa dos anos 80. Sobre seu CD MOLAMBO gravado em Los Angeles em 1998 comentou José Domingos Rafaelli: "Guilherme Vergueiro é um dos nossos pianistas mais inventivos e fluentes, dominando a linguagem da música brasileira e do jazz com a autoridade dos que conhecem profundamente o que fazem."

A soma desses dois talentos chega agora ao mercado com o lançamento do CD intitulado, não por acaso, de Mano a Mano, primeiro trabalho de Carlinhos e Guilherme Vergueiro juntos. O repertório foi escolhido por Guilherme e são dele também os arranjos, produção e concepção do projeto. Embora tenha tido suas primeiras oportunidades como arranjador proporcionadas por Carlinhos em alguns de seus L.P.s eles nunca a haviam trabalhado juntos e assim ele definiu esse encontro: Ouvindo uma série de nova s composições de meu irmão Carlinhos me veio a idéia de produzir um CD com algumas daquelas músicas que considerei de alta qualidade e que deveriam ser registradas. "Mano a Mano" para mim, foi uma oportunidade que Deus me deu para de certa forma agradecer Carlinhos pelas oportunidades e confiança que me deu como arranjador além de poder demonstrar musicalmente minha visão atual da Música Popular Brasileira em termos de evolução, criatividade, improviso harmonização, e principalmente poder colocar "no ar" essas que considero excelentes melodias e letras frutos do talent o de Carlinhos e seus parceiros.

O repertório traz, além de músicas inéditas de Carlinhos, novos arranjos para algumas composições já gravadas em outros CDs e uma belíssima regravação de Feitio de Oração - Vadico e Noel Rosa. A verve de um se junta à sofisticação do outro e resulta em sambas jazz ou românticos cheios de classe. Entre as inéditas estão Arrepio no braço parceria com João Nogueira; Prá que se despedir com Dora Vergueiro e Afonso Machado; Maria e Ademar com Paulo César Feital; Disritmou parceri a com Martinho da Vila; Nossa aliança com Sombrinha e Gordinho; Vai ouvir com Paulo Césa r Feital; Fui com Dora Vergueiro e Afonso Machado; e Linhas de Prazer de Carlinhos. As canções que receberam novos arranjos: Nosso Bolero com Chico Buarque; e Cigano de Carlinhos e Paulo C.Pinheiro.

O CD foi gravado num clima ao vivo , acompanhados pelos músicos Laudir de Oliveira - percussionista que já tocou com grandes nomes da música mundial, como Chicago, Chick Corea e Carlos Santana; Carlinhos Sete Cordas - artista que leva no nome a sua voc ação pelo violão e que acompanhou em shows e gravações vários nomes da MPB; e Thiago Silva, baterista, filho de Robertinho Silva, que aos 3 anos de idade já tocava numa bateria feita para criança, e que, por coincidência, fez sua primeira tour pelo Brasil em 1997 com Guilherme Vergueiro.

No show de lançamento do CD Mano a Mano, Carlinhos e Guilherme estarão acompanhados pelos mesmos músicos presentes na gravação.

My Space - https://www.myspace.com/guilhermevergueiro

Guilherme Vergueiro - https://www.guilhermevergueiro.com

Pianista Sambista - https://www.pianeiro. blogspot.com

www.carlinhosvergueiro.com.br

Serviço: Show de lançamento CD Mano a Mano

Local: Teatro Rival Petrobras - Rua Álvaro Alvim, 33 Cinelândia

Informações: 2240.4469 /Reservas: 2524.1666

Dia 21/10 - Quarta - feira

Hora: 19h30

Preço:

R$ 30,00(Inteira)

R$ 20,00(Os 100 primeiros pagantes)

R$ 15,00 (Estudante/ Idoso/ Professor da Rede Municipal)

Classificação: 16 anos

Capacidade: 472 lugares

Não aceitamos cartão na compra dos ingressos na bilheteria

Funcionamento da Bilheteria: Segunda a sexta de 12h às 20h e sábado - 15h30 às 20h