Filha de Michael Jackson culpa empresários por morte do pai

Portal Terra

LOS ANGELES - La Toya, irmã do cantor Michael Jackson, contou em entrevista para o canal da TV americana, Chanel 4, que a pequena Paris, de apenas 11 anos, credita a responsabilidade pela morte prematura do pai aos empresários donos da turnê 'This Is It tour!'.

No entendimento da garota, os empresários teriam forçado demais os limites do cantor que morreu dia 25 de junho. - Se o cardiologista dele era o melhor, então como isso pode ter acontecido? Para mim o que aconteceu é que eles forçaram o limite do meu pai! - teria dito Paris, ainda no hospital onde Michael recebeu os primeiros socorros depois de não se sentir bem em casa.

Segundo a tia, Paris acredita que Michael estava pressionado a trabalhar sem tempo sequer para descansar: 'Você não entende. Eles forçaram ele a trabalhar sem parar. O papai nem queria, mas eles obrigaram ele a fazer isso constantemente'.