Filha de Michael Jackson: "Papai sempre foi o melhor do mundo"

JB Online

DA REDAÇÃO - Um funeral grandioso e nada simples - como era o artista - foi realizado para fãs, famílias e celebridades se despedirem de Michael Jackson. Dentro do ginásio, 18 mil pessoas acompanharam diversas apresentações, de Stevie Wonder, Richie a Mariah Carey, além de ouvir pronunciamentos emocionantes, como do dono da primeira gravador dos Jacksons 5, do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela e dos astros do basquete americano Magic Johnson (já aposentado) e Kobe Bryant, estrelas do Los Angeles Lakers.

Às 16h48 os fãs que se aglomeraram na porta do Staples Center, em Los Angeles, começaram a deixar o local. A frase do telão resumia as diversas homenagens feitas em todo o mundo para o Rei do Pop: "Eu vivo e estarei aqui para sempre". Um dos momentos mais emocionantes foi quando a filha de Michael, Paris, falou sobre a morte do pai:

- Eu queria apenas dizer que sempre, desde que eu nasci, papai foi o melhor pai do mundo. E eu quero dizer que eu amo você papai - disse, aos prantos.

Marlon, irmão de Michael lembrou o super assédio em todos os momentos da vida - e também da morte - do astro:

- Talvez agora as pessoas te deixam em paz - disse durante o funeral - Estou tentando entender porque Deus tirou nosso irmão do nosso convívio. Michael quando você nos deixou, uma parte de mim também se foi. Você vai viver para sempre. Eu vou sempre lembrar dos nossos momentos divertidos.

Jermaine, outro irmão de Jackson, também se emocionou muito ao falar no palco e agradecer a prenseça de todos no ginásio em Los Angeles. Pouco depois da exibição de um vídeo com imagens dos Jackson 5, e de Michael cantando aos 5 anos, o cantor Smokey Robinson disse:

- Nunca achei que iria estar aqui com o meu irmãozinho ali. Sempre achei que ele iria viver para sempre - disse Robinson, que também fazia parte da gravadora Mottown.