Michael tinha medo de acabar como Elvis, diz Lisa Marie Presley

JB Online

RIO - O rei do pop, Michael Jackson, tinha medo de acabar a vida como outro astro da música norte-americana: o cantor Elvis Presley. A revelação foi feita pela filha de Elvis, Lisa Marie Presley, em sua página no "My Space". Ela, que foi casada o astro por pouco menos de dois anos, já sabia o seu fim, segundo escreveu.

"Era um fim que ele já imaginava. Mas o que eu nunca imaginaria era quando aconteceria, e isso é o que mais dói", disse Lisa Marie.

Lisa revelou ainda que em 1995 teve uma conversa com Michael sobre as circunstâncias da morte de seu pai, em 1977. Elvis, aos 42 anos, foi encontrado morto no banheio da mansão onde morava. Na ocasião, também houve a suspeita de que o fim da vida do cantor teria ocorrido em decorrência o abuso de remédios, apesar da causa oficial ter sido um ataque cardíaco.

"Em um momento específico dessa conversa, (Michael) parou, me olhou intensamente e me disse com calma e segurança: ''Tenho medo de terminar como ele, da maneira como ele morreu''", afirmou a filha de Elvis, contando que no momento que soube da morte do ex-marido, a lembrança da conversa veio à tona em sua mente.

Lisa Marie Presley disse ainda que com a morte do ex-integrante do Jackson Five chegou a hora de dizer a verdade, pelo menos uma vez. Ela também aproveitou para rebater uam das muitas especulações sobre a vida de Michael Jackson como o seu casamento com o cantor e compositor que para muitos teria sido uma "armação".