No Rio, Salvador e em todo mundo, fãs reverenciam o ídolo pop

JB Online

DA REDAÇÃO - Um dos artistas mais populares de todos os tempos, o cantor e compositor Michael Jackson foi reverenciado e lembrado nesta sexta-feira em todo o mundo. Nos EUA fãs circulam pelas ruas com camisas em homenagem ao rei do pop. No Brasil, onde o astro pela última vez em 1996 gravar o videoclipe da música They Don't Care About Us em 1996, as pessoas que tiveram contato com ele tanto em Salvador quanto no Rio de Janeiro lembraram da passagem de Michael Jackson pelo Pelourinho (BA) e pelo Morro Dona Marta (RJ).

Nesta sexta, diversos moradores do morro no Rio de Janeiro ensaiaram alguns passos de dança homenageando o ídolo. Em vídeo no Youtube, uma pessoa chama atenção ao imitar o modo de dançar do cantor em plena avenida Presidente Vargas, coração do centro econômico do Rio de Janeiro. O governador do estado, Sérgio Cabral, também anunciou nesta sexta que vai erguer uma estátua em homenagem ao antigo integrante do grupo Jackson 5. A favela parou na época da gravação para acompanhar a passagem do "furacão" Michael Jackson.

Em Salvador, o diretor executivo do Olodum, Jorge Ricardo Silva Rodrigues, disse que o grupo planeja enviar representantes até os EUA para participar do velório e se despedir de Michael Jackson. As cantoras baianas Ivete Sangalo e Gal Costa emitiram notas lamentando a perda do cantor:

- O mundo perdeu um grande artista. Sua dança inovadora, sua música e canto geniais fizeram dele o melhor showman do mundo. Sinto-me triste com sua morte, muito triste - diz a nota de Gal Costa.

Ivete se referiu ao astro morto como "o maior ícone pop de todos os tempos" e lamentou a morte precoce de Michael, aos 50 anos. Claudia Leitte, que interpretou a música Thriller em um especial de televisão, disse que o ídolo a "impressionava em tudo que fazia"

- Tenho muita coisa sobre ele e aprendi com ele.

Homenagens pelo mundo

Nos EUA, a Câmara de Comércio de Hollywood prestou há pouco sua homenagem ao Rei do Pop. Na manhã seguinte à morte de Michael Jackson, representantes da entidade levaram um grandioso arranjo floral, composto por rosas brancas, roxas e um grande laco negro. Durante todo o dia as homenagens na Estrela do cantor na Calçada da Fama não pararam.

Na Europa, o milionário empresário egípcio Mohamed al-Fayed, admirador confesso do cantor, anunciou que vai erguer um monumento em sua honra nos armazéns da loja Harrods, de sua propriedade, no oeste de Londres. No mesmo local, já há uma estátua sua e de seu filho Dodi com a princesa Diana, ambos mortos em um acidente de carro em Paris no ano de 1997. Fayed, que disse não ter dormido na noite passada por causa das notícias sobre Michael, assegurou que o cantor tinha lhe pedido uma vez para ter uma estátua na Harrods, "um de seus lugares favoritos".