Autópsia no corpo de Michael Jackson deve ser realizada hoje

Portal Terra

LOS ANGELES - O corpo do cantor Michael Jackson deve passar por autópsia ainda nesta sexta-feira, segundo agências internacionais. O músico morreu na tarde desta quinta após sofrer parada cardíaca em sua casa, em Los Angeles.

Brian Oxman, amigo pessoal de Michael Jackson e advogado da família do cantor, insinuou que o rei do pop pode ter abusado de remédios prescritos. Em declarações à CNN, Oxman explicou que Michael, enquanto se preparava para o show que tinha previsto fazer no próximo dia 13 em Londres, tomava remédios para tratar de lesões em uma vértebra e em uma perna depois de uma queda no palco.

Jermaine Jackson, irmão do "rei do pop", disse que a família está esperando o resultado dos exames e que um ataque cardíaco é a mais possível causa da morte. - Meu irmão, o lendário rei do pop, Michael Jackson, faleceu na quinta-feira 25 de junho de 2009 às 2h26m. Acredita-se que ele tenha sofrido um ataque cardíaco em sua casa. Nossa família pede que a mídia respeite nossa privacidade neste momento difícil. E que Alá esteja com você, Michael. Amo você - afirmou.

O tabloide inglês The Sun informa que injeções de Demerol, um poderoso analgésico, podem ter sido a causa da morte do cantor. O remédio aumenta o risco de ataque cardíaco. Ele teria ficado viciado no medicamento em 2003, durante seu julgamento por abuso sexual infantil. - Pouco tempo depois de tomar o Demerol, ele começou a sentir sua respiração lenta. Sua respiração ficou gradualmente mais lenta e mais lenta até que parou - disse uma fonte.

Os rumores sobre a morte de Michael Jackson começaram a aparecer por volta das 13h (horário de Los Angeles), 17h em Brasília, quando uma ambulância foi chamada para socorrer o cantor em sua casa, no bairro de Bel Air, na cidade de Los Angeles. Momentos depois da chegada de Jackson ao hospital UCLA Medical Center, o site de celebridades TMZ publicou a notícia de que o cantor havia morrido. Em seguida, o jornal Los Angeles Time confirmou a informação. A morte de Jackson só foi oficialmente divulgada por volta das 15h (19h em Brasília), quando o Instituto Médico Legal da cidade confirmou a morte do ídolo pop.

O tenente Fred Corral, porta-voz do IML local, disse à rede de televisão CNN que Jackson foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília).