"Paulo Gracindo O bem amado": Memórias importantes

Daniel Schenker, Jornal do Brasil

RIO - Gracindo Jr. presta homenagem ao pai, Paulo Gracindo, num documentário produzido em família. O caráter afetivo supera o valor como cinema. Detecta-se uma falta de rigor na estrutura, mas a importância do projeto parece inegável. Paulo Gracindo, que começou a carreira após chegar ao Rio de Janeiro, vindo diretamente de sua Maceió natal, fez sucesso no rádio, assistiu à renovação do teatro brasileiro e é até hoje lembrado por personagens contundentes na televisão.

Gracindo Jr. destaca a personalidade de ator do pai, algo que também vem à tona nas entrevistas.

- Ele não tinha medo do ridículo - resume Paulo José.

Eva Wilma evoca a contracena com Gracindo nas montagens de O santo inquérito e O preço. Fernanda Montenegro fala sobre sua capacidade de conciliar o espírito festivo com o estudo apurado dos personagens. A atriz é responsável pelo melhor momento: a passagem em que interpreta O caso do vestido, de Drummond.