Baterista da Motown, Uriel Jones, morre em Michigan

REUTERS

LOS ANGELES - O baterista da Motown, Uriel Jones, cujo funk impulsionou clássicos de Marvin Gaye e The Temptations, morreu em um hospital de Michigan na terça-feira depois de sofrer complicações decorrentes de uma parada cardíaca.

Jones tinha 74 anos e desde fevereiro vinha se recuperando da doença, disse sua cunhada Leslie Coleman. Ele teve uma recaída na terça-feira e morreu no hospital de Oakwood, em Dearborn.

Uriel foi o componente-chave da incursão no 'soul psicodélico' do Temptations, incluindo 'Cloud Nine' e 'I Can't Get Next You', e também contribuiu com o sucesso 'Ain't Too Proud To Beg'. O músico era o último baterista sobrevivente da banda da Motown, conhecida como Funk Brothers.

Jones também colocou um toque sensível a músicas como 'The Tracks of My Tears', do The Miracles, e 'What Becomes of the Brokenhearted', de Jimmy Ruffin.

Uriel Jones entrou na Motown em 1964 depois da turnê com Gaye e gravou os famosos hits da gravadora 'Ain't That Peculiar', 'I Heard it Through the Grapevine' e 'Ain't No Mountain High Enough'.