Asa de Águia incendeia o Festival de Verão

Portal Terra

SALVADOR - Em quase duas horas de show, o Asa de Águia colocou fogo na platéia do Festival de Verão. Mais uma vez, a apresentação começou com um passeio do vocalista Durval Lelys pelo palco a bordo de uma moto Harley-Davidson.

- Essa já é uma marca registrada do Festival. É só para tirar aquela onda com a galera. O show aqui no Festival é muito curto. Então, tem que ser pauleira - disse Durval.

Com pouco papo e muita música, o grupo desfilou hits dos 20 anos de carreira do grupo. Sucessos mais antigos como Com Amor e Dança da Manivela e atuais como Simbora e Quebra Aê levaram mais de 50 milpessoas ao delírio.

No repertório da banda também houve espaço para as apostas do Asa de Águia para o verão 2009. O vocalista apresentou a música Kizomba, tema do seu novo personagem, Zombalino, o Rei da Kizomba (festa).

- O bloco virá todo com este tema - antecipou. Ao contrário de anos anteriores, o Asa não deve receber convidados nos seus blocos.

O único momento em que o Asa saiu do seu repertório original foi quando tocou Cadê Dalila, gravada por Ivete Sangalo.

- Vou retribuir a homenagem que ela fez para a gente ontem (quinta-feira) quando cantou Bota pra Ferver - disse.