Djavan apresenta 'Matizes' em Buenos Aires

JB Online

BUENOS AIRES - Amanhã o Teatro Gran Rex, em Buenos Aires, recebe o som de Djavan. O cantor leva para os hermanos as músicas de seu último CD, Matizes. O jornal portenho La Nacion reconhece o brasileiro como um cantor com destaque quase igual para a MPB a de nomes como Caetano Veloso e Chico Buarque.

Em entrevista por telefone ao La Nacion, Djavan define, em "portunhol", o estilo musical de Matizes:

- A diversidade é um valor que gosto muito na música. Matizes é um exemplo: tem samba, jazz e pop. Eu gosto de fazer misturas, descobrir tendências musicais e novos gêneros. A música apresenta possibilidades infinitas.

A publicação ainda diz que o cantor e compositor conseguiu traçar sua trajetória profissional sem participar de movimentos como o Tropicalismo.

- Meu caminho tem sido solitário. Nisso me sinto próximo ao Milton Nascimento, porque temos um trabalho original e um lugar próprio - disse Djavan ao La Nacion.

Sobre a música brasileira atual, Djavan afirmou:

- A música brasileira não corre o risco de ficar paralisada, porque sempre apresenta uma novidade. Só por essa razão já vale a pena.