Fã do programa, cantor Luciano visita casa de vidro do 'BBB'

Hugo Cals, JB Online

RIO - A dupla Zezé di Camargo e Luciano visita na noite desta terça-feira a casa de vidro do reality show Big brother Brasil, montada no Rio, no shopping Via Parque, na Barra da Tijuca.

Eles irão visitar os participantes Emanuel, Daniel, Josiane e Maíra, que estão confinados no local há uma semana. Somente um deles será selecionado para a casa onde os outros 14 participantes estão, com o objetivo de disputar o cobiçado prêmio de R$ 1 milhão. Em entrevista por telefone ao JB Online, o cantor Luciano revelou que é fã da atração, e não esconde.

- O BBB é a diversão das minhas férias. Sou fã e não escondo. É engraçado que muitas pessoas falam que não assistem, mas sempre acabam comentando algo sobre algum participante, revelando que todo mundo assiste - afirma o cantor.

Luciano contou que sua história com o programa vem desde a primeira edição, quando estava gravando um clipe no museu Ipiranga, no mesmo dia da final daquele ano, em que o participante Kléber "Bambam" consagrou-se campeão. Além disso, durante a edição 2007 do programa, um dos líderes da semana escolheu como prêmio ao completar uma prova da atração assistir ao filme 2 filhos de Francisco, que conta a história de vida de Luciano e de seu irmão. No BBB 8, um dos quartos foi decorado com a temática do filme e foi batizado pelo apresentador Pedro Bial como o quarto "2 filhos de Francisco".

- Quando a final do BBB 1 entrou no ar todos que estavam ali pararam para assistir. Do diretor ao faxineiro, todos deram uma olhada. O Big brother não deu certo em outros países, mas acredito que o programa fez sucesso no Brasil por conta dessa coisa provinciana do brasileiro, de conhecer o vizinho, de saber da vida alheia, de uma forma positiva, já que acabamos sendo solidários demais - disse Luciano acrescentando que quando foi fazer doações para as vítimas das enchentes de Santa Catarina ficou feliz ao saber que só poderia doar metade do que pretendia, porque o local de armazenamento já estava cheio de doações.

Sobre a curiosidade brasileira de saber sobre a vida alheia, Luciano aponta como exemplo o Rio, uma cidade que conforme ele disse todos se conhecem:

- Aí as pessoas são acostumadas a encontrar na rua artistas famosos. Vejo o Rio como a Hollywood do Brasil, só que muito mais atraente. Queremos saber da vida de todos: desde o vizinho até os famosos.

Luciano contou que já foi convidado para participar da final do programa, que acontece no dia 31 de março, mas que ainda não elegeu uma musa para esta edição.

- Acabei de voltar de viagem, começei a assistir há pouco tempo, então seria injustiça apontar alguma musa. Costumo dizer para quem torci no programa só depois que ele acaba para não influenciar ninguém - finalizou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais