Ator corta o próprio pescoço durante peça na Áustria

JB Online

RIO - Um ator escapou por pouco da morte depois de ter cortado o próprio pescoço em cena durante uma apresentação no teatro Burgtheater, em Viena, na Áustria, informou a rede de comunicação britânica BBC.

Daniel Hövels, de 30 anos, acreditava estar com a faca sem lâmina usada normalmente em peças de teatro, mas o que tinha nas mãos era uma faca verdadeira.

Após cair no palco com sangue jorrando pelo pescoço, ele foi levado imediatamente a um hospital, onde foi constatado que o corte por pouco não atingiu a principal artéria da região.

"Se ele tivesse se cortado com mais força ou até pegado uma artéria, provavelmente teria sangrado até morrer em cena", disse ao jornal Österreich o médico que atendeu Hövels.

O incidente ocorreu no último fim de semana, durante a apresentação da peça Mary Stuart, de Friedrich Schiller. Em uma das cenas, o personagem de Hövels comete suicídio.

Segundo testemunhas, o público chegou a aplaudir o ator ensangüentado, acreditando se tratar de um efeito especial muito bem realizado. Somente após o ator ser retirado do palco é que os espectadores perceberam que algo estava errado.

A polícia austríaca agora está investigando se de fato houve um engano ou se ocorreu uma tentativa deliberada de ferir ou matar o ator. A faca teria sido comprada em uma loja próxima ao teatro.

Hövels teve alta após receber tratamento no hospital e voltou ao palco já no dia seguinte, com um curativo em volta do pescoço.