Patrick Swayze nega boatos de que estaria perto de morrer

REUTERS

LOS ANGELES - O ator Patrick Swayze, 56 anos, que sofre de câncer pancreático, desmentiu na terça-feira relatos publicados por tablóides segundo os quais ele estaria perto de morrer.

Em comunicado à imprensa, o astro de Dirty dancing - Ritmo quente disse que está passando o fim de ano em casa com sua família, depois de terminar as gravações de seu novo seriado de televisão, The beast.

- A única coisa que está perturbando meu sossego é o fato de que muitos tablóides vêm insistindo em divulgar mentiras e informações falsas a meu respeito e sobre as pessoas próximas a mim - disse Swayze.

Ultimamente, disse ele, os tablóides 'vêm publicando que estou nas últimas e estou me despedindo de minha família em lágrimas'.

O National enquirer publicou artigo dizendo que o câncer de Swayze se espalhou para seu fígado. Outro tablóide, o Globe, publicou a foto do ator em sua capa sob a manchete Leito de morte de Swayze é Segredo!.

Em março, quando o ator revelou que recebera o diagnóstico de câncer pancreático, os tablóides publicaram que ele tinha apenas semanas de vida pela frente. Desde então, Swayze começou a trabalhar no drama The beast, sobre o FBI.

- O câncer pancreático é uma doença agressiva, e, desde o momento em que recebi o diagnóstico, eu soube que estava numa luta por minha vida - disse Swayze à revista People.

- É uma batalha, e até agora eu a estou ganhando. Eu sou um dos poucos de sorte que reagem bem ao tratamento.

Texano de nascimento, Patrick Swayze já fez inúmeros papéis no cinema, televisão e teatro. Mas é conhecido sobretudo pelo papel do instrutor de dança Johnny Castle em Dirty dancing, de 1987.