Brad Pitt diz que sente orgulho de sua família cada vez maior

REUTERS

LOS ANGELES - O ator Brad Pitt diz que sente orgulho da família crescente que tem com sua companheira, Angelina Jolie, e que o supercasal de Hollywood vai considerar a possibilidade de formalizar sua união 'se acharmos que é importante para nossos filhos'.

Pitt, que está sendo aventado como possível candidato ao Oscar pelo papel de um homem que rejuvenesce em lugar de envelhecer em O curioso caso de Benjamin Button, disse no programa Today, da NBC, na terça-feira que os seis filhos que tem com Jolie enriquecem sua vida.

- Sinto orgulho real dessa família - disse Pitt em entrevista à jornalista Ann Curry, do Today.

- Olho para meus filhos e filhas. Um é do Vietnã, um é do Camboja, uma é da Etiópia, há essa garota que nasceu na Namíbia e os que nasceram na França... E eles são todos irmãos - disse Pitt.

- Eles brigam, dão risada, ficam histéricos, ficam acordados até tarde, enchem a paciência de seus pais e me deixam maluco - disse ele.

- Eu realmente me sinto enriquecido por conviver com eles. É um lar pleno, e cada um deles contribui tanto para o conjunto todo.

Ele brincou:

- Mas é surpreendente: criar seis filhos não é tão fácil quanto se poderia imaginar.

Indagado por Curry se ele e Jolie vão se casar, o ator, que disse relutar em comentar sua vida pessoal, respondeu:

- Se acharmos que isso é importante para nossos filhos, vamos.

Brad Pitt e Angelina Jolie, que recebeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua performance em Garota, Interrompida, de 1999, se conheceram em 2005 nas filmagens de Sr. e Sra. Smith.

Em julho, Jolie deu à luz gêmeos na França, a menina Vivienne Marcheline e o menino Knox Leon.

Além dos gêmeos, Jolie e Pitt são pais de quatro outras crianças pequenas: os adotados Maddox, Pax e Zahara e sua primeira filha biológica, Shiloh.

Em entrevista concedida em outubro, Jolie disse que a família pretende manter seu estilo de vida nomádico, percorrendo o mundo, pelo menos por enquanto, e deu a entender que eles talvez adotem um sétimo filho.

Jolie disse à BBC em novembro que vai 'deixar Hollywood aos poucos' para que possa passar mais tempo cuidando de sua família.