Sucesso do 'Zorra Total' mostra que velho formato ainda atrai

Gabriela Germano, Portal Terra

RIO - Uma gravação de Zorra Total pode ser comparada a teatro de rua. A cada gracinha feita por um personagem, mais gente pára no estúdio e dá risada. Os tipos bem populares também atraem muitos telespectadores.

O programa que está entre os 10 mais vistos da Globo chega a marcar 27 pontos de média, o que a emissora considera um ótimo resultado para as noite de sábado. O formato de esquetes, herdado dos velhos programas de rádio, pode ser antigo. Mas continua atraente.

- É um humor simples que assume o nosso jeito de ser. Há preconceito por parte de uma falsa intelectualidade, mas acho que isso tem diminuído - avalia o veterano diretor Maurício Sherman.

E nada melhor e mais popular do que festa na laje para comemorar o sucesso do humorístico. Recentemente, Sherman criou a Laje do Zorra, quadro que reúne praticamente todo o elenco do programa.

- Pesquisas mostraram que o público queria ver o elenco reunido. O resultado é ainda mais engraçado com todo mundo junto - conta Sherman.

O elenco adora a oportunidade de se encontrar. Muitos raramente se vêem, já que cada um costuma gravar seu esquete separadamente. "A gente faz uma farra, é um zoando o outro", diz Samantha Schmutz, intérprete de Leonina e de Juninho Play.

- É uma alegria porque a gente volta ao jardim de infância. Mas para a produção dá um super trabalho - afirma Marcius Melhem, que atualmente faz um dos personagens mais populares do programa, o Grauber.

Realmente não é tarefa simples trabalhar com tanta gente junta. Somando elenco e figurantes, são mais de 100 pessoas no estúdio. O quadro leva uma tarde toda para ser gravado. Mas Sherman, que em 2009 completa 10 anos à frente da produção, mostra uma alegria de iniciante.

- Enquanto não tiver pelo menos 60 pessoas reunidas, eu não gosto - exagera o diretor, ao elogiar as belas mulheres que circulam pelos corredores e estão sempre presentes no Zorra Total.

Entre os mais antigos ou os mais novatos atores do elenco, a surpresa com a repercussão que o programa traz é a mesma.

- Já fiz muitas novelas. Mas nunca tive uma projeção tão grande como em 5 minutos aparecendo no Zorra - resume Nelson Freitas, que já está há oito anos no programa.

A figura da vez, Lady Kate, da atriz Katiuscia Canoro, também surpreende a atriz pelo sucesso entre as crianças.

- Não esperava isso porque Lady Kate é uma prostituta. Mas a maneira errada de falar e o jeito espalhafatoso dela se vestir atrai o público infantil- acredita Katiuscia. A atriz enfatiza ainda que o sucesso de agora é resultado de uma batalha de 16 anos trabalhando.

A exemplo de Katiuscia, Maurício Sherman buscou vários outros comediantes do Zorra Total no teatro.

- É uma das minhas fontes porque o Zorra é um lançador de talentos na TV - justifica o diretor.

Leandro Hassum, que comanda as festas na laje como o DJ Gogó de Ouro, também foi para a TV após seu sucesso nos palcos.

- O Sherman traz talentos do teatro e tem o programa nas mãos. Por isso o Zorra faz tanto sucesso - defende Leandro.

Sem rodeios, Sherman polemiza:

- O Zorra é um programa aberto para todo mundo. Diferente de outros em que as pessoas que não são da turminha não entram - determina o diretor.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais