Baixista dos Strokes mostra repertório do primeiro disco em Londres

Ricardo Schott, JB Online

RIO - O baixista dos Strokes, Nikolai Fraiture, mostrou seu projeto solo Nickel Eye ao vivo pela primeira vez nesta quarta-feira, no London Borderline.

O músico subiu ao palco acompanhado por membros do grupo britânico South, e tocou um set de meia hora - ocupado em sua maioria por canções acústicas. O NME, que publicou uma nota sobre o show, afirmou que a voz de Fraiture lembra algo entre os vocais de Julian Casablancas, frontman dos Strokes, e Shane MacGowan, que ocupa o mesmo posto na banda folk-rock irlandesa Pogues.

O grupo já havia feito um show de aquecimento uma noite antes, no clube Boogaloo, no norte londrino, mas este foi o primeiro show de verdade do Nickel Eye, com direito à execução de boa parte do material do álbum de estréia, The time of the assassins, previsto para ser lançado no dia 27 de janeiro. O álbum terá participações especiais da cantora Regina Spektor e do guitarrista Nick Zinner (Yeah Yeah Yeahs). Quatro canções do disco podem ser ouvidas no https://www.myspace.com/officialnickeleye">MySpace do grupo.

Entre as músicas do disco que Fraiture tocou, Brandy of the damned e Where the cold wind blows. No fim do set, tocaram uma versão de These days, de Nico. E também executaram uma pequena versão de Hot in here, de Nelly.

O NME informou também que o set list do show, na íntegra, trouxe as músicas You and everyone else, Back from exile, Fountain ave, This is the end, Brandy of the damned, Providence, RI, Where the cold wind blows, Another sunny afternoon, These days, Dying star, The time of assassins.

A estréia do Nickel Eye é o segundo projeto de um integrante dos Strokes. O guitarrista Albert Hammond Jr lançou, em 7 de novembro de 2006, o CD Yours to keep.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais