Campeã em Pequim, ginasta Nastia Liukin atuará em 'Gossip Girl'

REUTERS

NOVA YORK - A ginasta Nastia Liukin, campeã no individual geral da ginástica artística na Olimpíada de Pequim, terá um papel na série de TV adolescente Gossip Girl. Ela descreve o papel como uma de suas maiores emoções desde que ganhou cinco medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos.

Liukin, que completa 19 anos neste mês e deseja ser modelo e atriz, disse não saber se sua personagem participará de mais de um episódio da série.

O papel em Gossip Girl veio por acaso, quando ela e algumas amigas conversavam sobre o programa, que fala sobre as vidas de adolescentes ricos na cidade de Nova York.

- Eu estava jantando em Los Angeles com alguns amigos e os produtores de Gossip Girl estavam sentados na mesa ao lado - disse Liukin a repórteres, antes de ser nomeada Atleta do Ano pela Fundação Feminina de Esporte, na terça-feira.

- Então, eles me mandaram um bilhete, dizendo: 'Parabéns. Continue assistindo Gossip Girl'.

Então, no dia seguinte, eles entraram em contato com meus empresários e a próxima coisa que soube era que teria um papel na série.

- Vou filmar o episódio da próxima vez que estiver aqui, em 21 de outubro - afirmou.

- Eu iria aparecer na série como eu mesma, mas então eles pensaram que seria legal me dar uma personagem - disse a ginasta.

- Vários dos meus amigos sempre assistem (ao programa), então fazer parte dele é realmente muito legal.

Gossip Girl, que atualmente está em sua segunda temporada, é um dos programas mais comentados do canal norte-americano CW. A série também é transmitida em 30 outros países na Europa, Ásia e América do Sul. No Brasil, Gossip Girl é exibida pelo canal por assinatura Warner Channel.

A agenda de Liukin anda cheia desde as Olimpíadas. Ela está se apresentando em uma turnê de ginástica e criando uma linha de roupas chamada 'Nastia Gold'.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais