Rosane Gofman interpreta vários personagens em espetáculo solo

JB Online

RIO - É como se todas as mães do mundo estivessem dentro de Dora, com sua força, seu amor desmesurado, suas loucuras, e sua capacidade de imaginar a vida de todos que a cercam e com quem ela tanto se preocupa. Amor Perfeito é uma comédia dramática que estréia no próximo dia 3 de outubro na sala Tônia Carrero do Teatro Leblon.

O texto de Denise Crispun interpretado por Rosane Gofman que está completando 35 anos de carreira , tem direção de Beto Brown e ousa mostrar que o amor muitas vezes sobrevive à falta de limites.

Impossível não se identificar com essa mãe que se desdobra em mil, mente e tripudia, em nome do amor. De perto ninguém é normal , diria Dora, com sua sabedoria particular e pra lá de anormal. A vida é uma espiral já dizia a cartomante que Dora foi procurar pra tentar entender seus problemas e negociar seu destino.

E se fosse fácil, não seria tão divertido e ao mesmo tempo tão sofrido e tão intenso, criar esses filhos. Dora criou o seu com tanto cuidado que o maior medo é que ele não soubesse se defender sem ela.

Mas os anos se passaram e esse filho, inteligente e atormentado, foi capaz de transformar sua angústia e seus transtornos, sufocados pelo amor dessa mãe, numa obra de arte. É lá, no alto dessa tela fictícia, e em cima do palco, contando sua história, e interpretando todos os personagens que contracenam e convivem com ela, que encontramos Dora, onipresente, amorosa, nem sempre compreendida, tentando oferecer aqueles a quem ama a receita do amor perfeito.

Rosane interpreta a personagem com muito humor e emoção. E se identifica muito com esse lado superprotetor.

- Tenho três filhos e muitas vezes chego a ser chata com isso. Reconheço que não deve ser muito fácil ser meu filho. Não sou careta, mas sou pegajosa - confessa.

Escrito especialmente para a atriz Rosane Gofman pela dramaturga e roteirista Denise Crispun, Amor Perfeito é um espetáculo solo que visa acima de tudo uma reflexão através do riso e da identificação com essa personagem que irá conduzir o público através de uma viagem por sua vida. Rosane Gofman representa essa mãe em várias idades diferentes, e também a psicanalista do filho e a cigana com quem ela se consulta.

- Mas não vou usar maquiagem ou trocas de roupa para indicar passagem de tempo. Troco apenas os assessórios, o tom da voz, e a trilha sonora também ajuda na hora de marcar cada época - conta Rosane, que faz questão de destacar a simplicidade e a delicadeza da personagem.

- Ela é uma mulher meiga, doce. Isso quando não pisam no seu calo!

No palco um espetáculo delicado que vai emocionar e divertir a platéia.

- Não sou comediante nem humorista, mas as pessoas costumam achar graça no que faço. Acho que a vida tem que ser divertida - completa a atriz.

Serviço

Teatro Leblon sala Tônia Carrero Rua Conde Bernadotte 26, Leblon.

De quinta a sábado às 21h e domingo às 20h

Quinta e sexta. - R$ 50,00

Sábado e domingo - R$ 60,00

200 lugares - 60 min

Até 26 de outubro