'Mário de Andrade era invejoso' afirma Xico Sá na Flip

Cláudia Marapodi, Portal Terra

PARATY - Como em uma conversa de botequim, todo tipo de assunto foi discutido na segunda mesa desta tarde na Flip 2008. De futebol a Mario de Andrade -o ponto central da discussão - os escritores Xico Sá e Humberto Werneck travaram discussões acaloradas.

Mario de Andrade é apreciado por Humberto Werneck e invejado declaradamente por Xico Sá, que critica o escritor inclusive dizendo que "Macunaíma é maravilhoso e chato" devido a sua necessidade de se auto-explicar, segundo Xico. Para ele, Mario de Andrade é "invejoso" e que em sua viagem ao Nordeste brasileiro foi "folclórico e com uma tese pronta", porque só descreveu uma parte do lugar.

Ao ser questionado se, na verdade, não morria de inveja de Mário de Andrade, por isso o critica tanto, Xico Sá não hesita: "Morro de inveja de muitas coisas de Mário, dos livros que ele teve, dos amigos, das oportunidades de estudo, da família. Assim como invejo Gilberto Freire e Machado de Assis. Mas invejo porque amo. Minha inveja é a do não conformismo e do crescimento", explica o escritor.

Xico Sá, que trabalha como jornalista há 30 anos, cedeu alguns textos para um projeto que descobre talentos da rua e publica seus textos. Hoje o projeto funciona numa sala cedida pelo Associação Cidade Escola Aprendiz, na Vila Madalena, em São Paulo.

As capas são feitas por crianças carentes que recebem R$30 por tarde de trabalho, e depois de prontos os livretos são vendidos por R$5 cada.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais