Alentejo em foco no Galpão das Artes Urbanas

JB Online

RIO - Portugal nos visita mais uma vez, dentro das programações dos 200 anos da vinda da Família Real para o Brasil, agora através das obras do artista e fotógrafo Miguel do Valle Figueiredo que nos traz, através de Alentejo, uma coletânea de 18 fotos em preto-e-branco, com registros do passado e do presente desse pedacinho do solo português ocupado desde os primórdios da humanidade.

Miguel do Valle se deixou levar pelas belas paisagens e pelo patrimônio histórico desta região que se estende por quase todo o sul de Portugal e que conserva até agora os resquícios da presença humana com seus dolmans e cromlens formados pelos imensos blocos de pedras megalíticos pela dominação árabe e influência da religião muçulmana e a forte presença do cristianismo.

A exposição do fotógrafo Miguel do Valle Figueiredo começa em 03 de julho e ficará aberta ao público até 17 de outubro, no Galpão das Artes Urbanas Hélio G. Pellegrino. Este espaço cultural urbano funciona na Rua Padre Leonel Franca, s/n, em frente ao planetário da Gávea, com entrada franca. Com mais este evento, o Galpão das Artes comemora também o sexto aniversário de seu funcionamento.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais