Show em comemoração aos 90 anos de Nelson Mandela gera expectativa

Agência ANSA

LONDRES - O show em homenagem ao 90º aniversário do líder sul-africano Nelson Mandela, ganhador do prêmio Nobel da Paz e símbolo da defesa aos direitos humanos, reunirá 46.664 pessoas no Hyde Park, em Londres, na próxima sexta-feira.

O número de ingressos vendidos, que é também o nome do show, "46664", é o número da cela em que Mandela permaneceu preso por 27 anos na África do Sul, e é também o nome de sua campanha anti Aids, para a qual será convertida a renda do concerto.

Entre as bandas e cantores participantes estão Queen, Razorlight, Zucchero, Amy Winehouse (se receber alta do hospital), Simple Minds, Annie Lennox e Sugarbabes.

Também estão confirmadas as presenças dos atores norte-americanos Robert De Niro, Forest Whitaker e Will Smith. O show "46664" acontecerá 20 anos depois do famoso concerto "Free Nelson Mandela", por ocasião do 70º aniversário do líder sul-africano, que pedia sua liberdade e o fim da segregação racial na África do Sul e reuniu 70 mil pessoas.

Mandela seria libertado somente em 1990 e em 1994 se tornaria o primeiro presidente negro da África do Sul.

O prêmio Nobel, cujo aniversário é na verdade em 18 de julho, já se encontra em Londres, onde deverá encontrar diversas celebridades e autoridades que apóiam sua causa, como o premier britânico, Gordon Brown, o ex-presidente norte-americano Bill Clinton e a apresentadora de televisão Oprah Winfrey.

Muitos esperavam que Mandela se pronunciasse contra o violento regime de Robert Mugabe no Zimbábue, mas aparentemente os médicos do líder sul-africano o desaconselharam a enfrentar situações de estresse, devido ao seu frágil estado de saúde. Segundo o jornal britânico Times, essa será a última aparição pública importante de Mandela.