'O longo amanhecer', cinebiografia de Celso Furtado, ganha debate

JB Online

RIO - O filme "O longo amanhecer", cinebiografia do economista Celso Furtado, considerado um dos maiores pensadores do País do século XX, ganha projeção e debate no Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, na Praia Vermelha, nesta terça-feira, dia 18, às 18h.

Participam da mesa o reitor da UFRJ, Aloísio Teixeira, Maria da Conceição Tavares, Carlos Lessa, José Luis Fiori, Rosa Freire d'Aguiar Furtado e José Mariani, diretor do filme.

"O longo amanhecer" traz a última entrevista filmada que Furtado concedeu, apenas cinco meses antes de morrer (morreu em novembro de 2004). E é esse material que o diretor José Mariani usa para costurar a narrativa.

A obra se utiliza da trajetória do próprio economista para traçar um rico panorama da história e da política brasileira e latino-americana.

Com depoimentos de Antonio Barros de Castro, Francisco de Oliveira, José Israel Vargas, João Manuel Cardoso de Melo, Maria da Conceição Tavares, Osvaldo Sunkel e Ricardo Bielschowsky, "O longo amanhecer" faz um paralelo entre o Celso Furtado pensador e o político, e mostra como ele foi capaz de unir teoria e prática como poucos em seu meio.

A estréia do filme nos cinemas será no dia 4 de abril.