Tensão e alívio antecedem a cerimônia do Oscar

Agência EFE

LOS ANGELES - Dezenas de indicados ao Oscar esperam nervosos, mas também aliviados, a 80ª cerimônia de entrega das estatuetas, que será realizada neste domingo no Teatro Kodak, em Los Angeles.

É normal ficar nervoso, já que apenas poucos serão os escolhidos para receber um dos 25 prêmios concedidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, os mais cobiçados da indústria do cinema.

O alívio se deve à satisfação pelo fim da greve dos roteiristas de Hollywood na semana passada, bem a tempo de permitir a realização do espetáculo com as estrelas e seu esplendor e sem a perturbadora presença de manifestantes na entrada.

Embora os organizadores tenham gostado de ter um pouco mais de espaço entre a realização do evento e o final do conflito trabalhista, causado por diferenças com o pagamento de direitos autorais do material distribuído pela Internet, o mundo do cinema está pronto para sua noite de gala. Apesar da chuva que cai sem parar hoje sobre Los Angeles, o mau tempo não vai estragar a festa.

A ansiedade de muitas estrelas de Hollywood em usar os vestidos, sapatos e jóias caríssimas, às vezes extravagantes, e desfilar pelo tapete vermelho ficou evidente neste sábado à noite durante a cerimônia de entrega do Spirit Awards .

Essas premiações, que surgiram em 1986 como um contrapeso aos prêmios Oscar - para recompensar os filmes independentes e com orçamento fora dos padrões de Hollywood -, correm agora o risco de serem absorvidas pela grande indústria do cinema já que não há mais distinção de limites entre os dois prêmios.

De fato, grande parte dos participantes da cerimônia do Spirit Awards neste sábado passará hoje de novo sobre o tapete vermelho do Teatro Kodak, como Cate Blanchett, Ellen Page, Javier Bardem, Angelina Jolie, Eva Mendes e Dennis Hopper.

Page, protagonista da comédia Juno, com certeza quer que a noite de sábado seja um presságio do que pode acontecer hoje a partir das 19h hora local (22h em Brasília) no Teatro Kodak.

Juno e Page se transformaram nas grandes ganhadoras da noite do Spirit Awards ao receber os prêmios de melhor filme, melhor atriz e melhor roteiro original (para a roteirista Diablo Cody).

Com os veículos de comunicação repetindo incansavelmente os possíveis ganhadores, não é de se estranhar que os sites de apostas estejam registrando grande fluxo de internautas horas antes do início da entrega dos prêmios.

Se os apostadores tivessem a última palavra na distribuição das premiações, os irmãos Coen sairiam hoje cheios de estatuetas do Teatro Kodak.

Onde os Fracos Não Têm Vez, produção dos irmãos Joel e Ethan Coen, é o favorito para ganhar o prêmio de melhor filme segundo as apostas do betonlinecom. Em segundo lugar está Sangue Negro.