Amy Winehouse se apresentará no Grammy via satélite

Agência EFE

LONDRES - A cantora britânica Amy Winehouse não poderá se apresentar na cerimônia dos prêmios Grammy, que acontecerá no próximo domingo em Los Angeles, pois teve o visto negado para entrar nos Estados Unidos, mas encontrou um jeito no mínimo pouco ortodoxo para participar da cerimônia: fará sua apresentação via satélite.

A embaixada americana em Londres negou a solicitação da artista, que concorre este ano a seis Grammy, o prêmio mais conceituado da música, entre eles de melhor música, por "Rehab", e melhor disco do ano, por "Back to black".

A cantora, que foi presa e multada no ano passado na Noruega por porte de maconha, começou há duas semanas um tratamento de desintoxicação, após a divulgação de um polêmico vídeo onde apareceria fumando crack.

Mas Winehouse não ficará sem atuar na cerimônia, realizada em Los Angeles: a cantora fará sua participação ao vivo, via satélite, de um estúdio em Londres.

A cantora deixará hoje a clínica de desintoxicação com o objetivo de preparar sua apresentação.

- Tenho muita vontade de ir, e estou muito entusiasmada por participar de meu primeiro Grammy. Quero agradecer a todos pelo apoio recebido nas duas últimas semanas. Sinto muito não poder estar presente, mas agradeço por terem me dado uma segunda oportunidade via satélite - disse a cantora.

Um porta-voz da cantora afirmou que 'Amy está se sentindo muito bem, e que só deseja agora fazer o que sabe de melhor'.

Acrescentou que a cantora continuará 'sob supervisão médica total', e que seu tratamento será mantido.

A cantora ingressou há duas semanas em uma clínica no norte de Londres para submeter-se a um tratamento de desintoxicação, após a divulgação de um polêmico vídeo no qual aparecia supostamente fumando crack.

A artista, cujo talento ficou obscurecido pelas notícias sobre sua dependência às drogas e a turbulenta vida privada, foi interrogada nesta semana pela Polícia britânica em relação ao polêmico vídeo, colocado em janeiro no site do jornal sensacionalista britânico The Sun.

Na gravação, a cantora - que fez sucesso com a música "Rehab", na qual descreve sua relutância em fazer um tratamento de desintoxicação - dizia que tinha tomado também 'seis valium'

(medicamento tranqüilizante), ecstasy e cocaína.