Amy Winehouse é interrogada pela polícia sobre vídeo polêmico

Agência EFE

LONDRES - A cantora britânica Amy Winehouse foi interrogada pela polícia por causa de um polêmico vídeo no qual aparece supostamente fumando crack, informaram hoje fontes policiais.

A cantora, de 24 anos, não foi detida, mas interrogada "sob cautela" - forma prevista em lei para quando há suspeitas de delito - e a polícia informou que a investigação continua, segundo as fontes, citadas pela cadeia britânica BBC.

O vídeo, no qual Amy Winehouse aparece supostamente fumando crack em sua casa, foi divulgado em janeiro pela versão online do tablóide sensacionalista britânico The Sun.

Amy, que ingressou em um centro de desintoxicação poucos dias depois da divulgação do vídeo, explicava na gravação que também tinha ingerido seis comprimidos tranqülizantes, ecstasy e cocaína.

A cantora abandonou temporariamente a clínica na segunda-feira para solicitar um visto na embaixada dos Estados Unidos para que possa se apresentar na entrega do prêmio Grammy, que será realizada no próximo domingo em Los Angeles.

Nesta edição do Grammy, a artista concorre a seis prêmios, entre eles o de Melhor Canção - por "Rehab", e o de Melhor Disco do Ano - por "Back to Black".